E SE FOSSE EU...?



Iniciativa

 “E se fosse eu? Fazer a mochila e partir”

 6 de abril de 2016

A Plataforma de Apoio aos Refugiados (PAR), em colaboração com a Direção-Geral da Educação (DGE), o Alto Comissariado para as Migrações, I.P. (ACM, I.P.) e o Conselho Nacional de Juventude (CNJ) encontram-‑se a preparar o lançamento de “E se fosse eu? Fazer a mochila e partir”, uma iniciativa de sensibilização das crianças e dos jovens para as dificuldades pelas quais os refugiados passam para fugir da guerra, procurando proteção humanitária.

O nosso agrupamento associou-se a esta causa e a BE apoiou esta iniciativa na escola do Monte Sião, através  da exibição de vários vídeos elaborados para o efeito, mostrando o pouco que os refugiados transportam consigo. 
Neste dia, cada aluno foi desafiado a desenhar  os bens que transportaria na sua mochila se estivesse no lugar de um refugiado.
 Houve emoção no visionamento dos filmes e muito interesse empenho nos desenhos que elaboraram.






Esta atividade teve por objetivo sensibilizar as crianças e os jovens para a realidade dos refugiados, promovendo assim o compromisso do bem acolher quem procura proteção humanitária e concretizando os princípios de uma sociedade democrática e inclusiva.

 

 


Comentários