O Elefante Cor-de Rosa

Image result for o elefante cor de rosa


Esta foi história lida e explorada nos 2ºs anos.
Uma história de  
Luísa Dacosta
Wook.pt - Luísa Dacosta

Nasceu  em 1927, em Vila Real de Trás-os-Montes. Formou-se na Faculdade de Letras de Lisboa, em Histórico-Filosóficas. Mas as suas "Universidades" foram as mulheres de A-Ver-O-Mar, que murcham aos trinta anos, vivem e morrem na resignação de ter filhos e de os perder, na rotina de um trabalho escravo, sem remuneração, espancadas como animais de carga (-Ele não me bate muito, só o preciso) e que, mesmo afeitas, num treino de gerações,às vezes não aguentam e se suicidam (oh! Senhora das Neves! E tu permites!) depois de um parto, quando o mundo recomeça num vagido de criança! Às mulheres de A-Ver-O-Mar "Deve" a língua ao rés do coloquial. Foi professora do ciclo preparatório e alguma coisa deve também aos alunos: o ter ficado do lado do sonho. Isso a motivou a escrever para crianças. Faleceu a 15 de fevereiro de 2015.


Image result for o elefante cor de rosa
...


É uma história fantástica de sonho e de fantasia que, de forma muito subtil, aborda valores tão importantes como a amizade, o sonho, a fantasia, a solidariedade e a entreajuda. 
Esta história desenrola-se em torno de um pequeno elefante cor-de-rosa, que é a cor dos sonhos das crianças, e fala-nos, num primeiro momento, do "mundo amável" em que ele vivia, juntamente com outros elefantes cor- de-rosa. Era um mundo de paz e de alegria, onde não havia sofrimento. Confrontado, num segundo momento, com a morte inesperada deste seu mundo, o elefante vê-se obrigado a partir e acaba por ir viver para a imaginação de uma criança, no planeta Terra! 
Depois da sua exploração oral e escrita, os alunos construiriam o seu elefante em origami e colaram todos eles no cartaz do "Elefante cor-de -rosa".

FICOU LINDO!!!



Comentários